O Filho de Akalin

Akalin, discípulo de Tilintalos, é famoso entre os Dragorianos.
Sua fama e coragem se espalharam longe, e o halfling ainda é respeitado entre aqueles que viviam sob a bandeira de Dragória. Ele era admirado por ser o último membro do grupo que derrotou Oderon, o poderoso vampiro discípulo de Mokus.
O astuto halfling era um herói audaz, poderoso e destemido. Após muitos anos servindo ao reino de Dragórios, ele encontrou paz e tranquilidade numa pacata vila litorânea ao norte de Dragórios. Lá ele constituiu seu lar e iniciou sua família.
Vivia tranquilamente com seus filhos e sua esposa à beira mar, quando os ataques Davianos começaram. Logo o herói foi chamado para ajudar a se proteger dos invasores, liderados por um suposto ser mítico. Akalin pensou que seria apenas mais uma missão de rotina, mas não eram estes os planos do destino para ele.
Akalin teve uma vida heróica, sendo responsável por várias canções dos bardos de Esdra, porém a idade e o cansaço minavam as forças do lendário herói a cada dia, e sua habilidade diminuíra muito ao longo dos vários anos que passou em seu pacífico lar. O dever de proteger novamente o seu amado reino o levou para a sua última missão.
Ninguém menos que Arísius, o poderoso escolhido de Arkon e imperador de Nera foi o oponente de Akalin. Após um confronto inicial com o semi-deus o halfling percebeu que não poderia enfretar seu inimigo em condições iguais e suspeitou do enorme poder que emanava da lança do sol que Arísius carregava consigo. Akalin recuou, conseguindo fugir do escolhido de Arkon e recuperou-se do combate.
Durante várias semanas, Akalin se manteve incógnito. Ninguém soube o seu paradeiro naquela época, mas depois se descobriu que ele havia ido buscar o precioso conhecimento dos sábios de Nera, entrando furtivamente na capital do império inimigo e obtendo da poderosa biblioteca imperial nada menos que a profecia sobre a vinda do escolhido de Arkon para Esdra.
Arísius em pessoa retornou para Nera, afim de caçar e obter a profecia de volta. O poder de Arísius foi grande demais para ser superado por Akalin e este acabou sendo encontrado, mas sua astúcia superava em muito a sagacidade de Arísius. O halfling foi capturado, mas já não carregava mais a preciosa profecia escrita pelos filhos do Sol sobre o escolhido de Arkon e seu papel no mundo.
A profecia havia sido enviada para um líder aliado. Arísius não consegiu obrigar o halfling a revelar o paradeiro da profecia, por isso manteve-o vivo e preso em Nera.
Akelf, o filho adotivo e discípulo de Akalin, um jovem talentoso e treinado pelo lendário herói Dragoriano logo ficou sabendo de boatos sobre o preocupante destino de seu mestre por meio de amigos antigos de Akalin. Akelf seguiu os passos do halfling lendário e infiltrou-se no império Daviano, conquistando a simpatia de alguns membros da guarda imperial e conseguindo para sí o status de espião do império.
Akelf não sabia exatamente o paradeiro de seu pai adotivo, portanto seguiu algum tempo trabalhando como agente duplo e tentando conseguir o máximo de informações possíveis. Uma missão levou o jovem até Fortinária, ultima grande fortaleza da resistência e lá ele foi informado das tristes notícias acerca de seu mestre: Akalin havia sido executado em praça pública em Dora, maior cidade do império Daviano.
Akelf fora aceito por Akalin quando todos em sua vila o rejeitavam por seu jeito rebelde e astuto demais. Seu afeto pelo halfling lendário tornaram-se agora ódio contra o império Daviano. Não vendo mais motivos para trabalhar como um espião, o jovem e talentoso halfling passou a empregar suas habilidades para ajudar a resistência de Fortinária.
O pesado legado de Akalin agora pesa em suas costas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Resgate de Arduin

Um Reino de Mentiras - A Busca de Arduin

A Saga do Inverno - Prólogo